quarta-feira, 21 de abril de 2010

Campo Alegre a Corupá-SC, Onde o Trem Maria Fumaça Faz as Curvas


De Campo Alegre a Corupá - SC

"Feriado perna curta esse de 21/04, mas tava valendo." Essa foi a frase da semana e como tal valeria um cicloturismo serra abaixo numa das regiões da serra catarinense a 200 km de Curitiba.
Saímos com o Heron e o pessoal da caixa d'agua do Alto da XV em direção a Campo Alegre-SC. Durante a semana havia dúvida, se não fiz esse passeio antes, por causa da proximidade com São Bento do Sul, mas lá o passeio foi feito pela Estrada dos Bugres.
Chegando em Campo Alegre-SC um café na panificadora e saída para a estrada de chão, que teve 8 km de uma subida leve.
O detalhe dessa região é a serra catarinense e a estrada de ferro que liga Rio Negrinho a  Rio Natal onde uma vez por mês, na primeira semana, faz um passeio com o trem Maria Fumaça, conforme o link aqui. Por diversas vezes o percurso cruzou a linha de trem.
A melhor parte é a descida e começamos na região Rio Vermelho, pertencente a S. Bento do Sul em direção a uma igreja. Depois subindo até Rio Natal outra localidade para chegar até outra  conhecida como a igreja de pedra. Esta igreja de pedra aparece também no link da Estrada dos Bugres, mas naquele percurso a partir de São Bento tinha uma subida muito forte. Durante o percurso várias fotos do morro conhecido como Morro da Igreja.
Depois da igreja de pedra a descida até um recanto para um almoço programado. Dessa estrada em diante o acesso é o mesmo para Corupá.
Em Corupá um lanche noutra panificadora e retorno para casa que começou as 8:00 da manhã e chegou a Curitiba as 19:40 h.




sexta-feira, 16 de abril de 2010

Atravecity - Rally de Mountain Bike Pelas Ruas de Curitiba

De Atravecity Curitiba

O Atravecity Curitiba chegou no dia 16/04/2010. Este evento que mistura competição tipo "quem conhece a cidade" em meio ao trânsito de veículos, já foi realizado em outras cidades, com variações de desafios, como pode se ver no blog do tema Atravecity.
Como ele é feito em duplas convidei o meu amigo Linhares, colega de trabalho e que esteve na viagem pelo Vale Europeu de outros tópicos desse blog.
Na etapa Curitiba a largada foi feita na Praça Brigadeiro-do-Ar Mário Calmon Eppinghaus, no topo da descida da rua Almirante Tamandaré com pontos de controle na praça do Japão, Bosque Alemão, Catedral Metropolitanda de Curitiba e retorno a praça de largada com aproximadamente 20 km.
Além da dupla participaram o pessoal do Lavailama: Noguemar e Sandra Joanides, Sandra Bodini e David, Lizandra e Pedro, Fabiane e Arthur.
A participação da nossa dupla, foi participação mesmo, porque o preparo, a estratégia e a premiação diante de alguns atletas seria difícil. "Mas acredito que a escolha da primeira etapa, a praça do Japão, numa linha diagonal observando o link aqui  do mapa percurso do Pedro, não seria ruim se não fosse o trânsito. Depois da praça do Japão quase todos foram iguais escolhendo  a rua Brigadeiro Franco para alcançar o Bosque Alemão. Imagine a subida até a rua Manoel Ribas no bairro Mercês. No final da Brigadeiro um desnível com escada para a próxima rua até o bosque Alemão.
No bosque mais um controle e chamou-me a atenção as ligações telefônicas para os organizadores  perguntando se não era o Bosque do Papa, isso porque tinha bilhete do local.
Depois o último pc na catedral metropolitana e finalização na praça da largada no toal de 18 km em 58 minutos para a nossa dupla e uma colocação quase empatada com o número de inscrição, quer dizer chegamos na frente de alguns.

Clique aqui para ver as demais fotos da noite e clique aqui também para as fotos da organização.

sábado, 3 de abril de 2010

Cachoeira do Panelão - As Águas dos Campos Gerais


De Cachoeira do Panelão

Distante cerca de 50 km da cidade de Curitiba está um local de cachoeira no curso do rio Lageado. A Cachoeira do Panelão, numa fazenda localizada a esquerda da BR 277 sentido Palmeira-PR, a  100 metros do acesso para a colônia Witmarsum. Pertencente ao município de Porto Amazonas (não reconhecida pela cidade), a BR é a divisa das cidades. Agora com esse post um pouco mais de informações que faltavam na internet.
No final do ano passado a minha amiga Cláudia comentou sobre esse local, por causa de uma amiga dela que esteve lá. Fica próximo também do acesso ao Recanto dos Papagaios. Agora toda a minha curiosidade exponho em fotos e comentários, com a presença dos meus amigos Marco, Antonio, Estela e Marcia.

Ao entrar na fazenda, um pouco antes do acesso a colônia Witmarsum, chega-se a uma porteira onde se faz o cadastro e paga-se a taxa de 10 reais por pessoa (se for usar a lanchonete) ou 15 reais para quem utilizar a churrasqueira e levar alimentação. Depois segue 3 km pela estrada rural até a área de estacionamento. A estrada é para carros altos.
Nesse caminho nos encontramos com cães Boder Collie onde um filhote nos acompanhou até o estacionamento.
Para falar do local as imagens a seguir farão a sua parte.


Como o dia estava nublado ninguém mergulhou, como se vê nos diversos videos do youtube. Quando a temporada de calor voltar eu espero estar lá.
Depois de 4 horas na Cachoeira do Panelão resolvemos almoçar na colônia Witmarsum. Pegamos o acesso e seguimos até a pousada Bela Vista. No cardápio a cozinha alemã.
Na volta uma parada no pequeno sítio arqueológico e depois uma passada no museu da localidade e um pouco de história da vinda da comunidade menonita que ali se instalou.
Para minha surpresa encontrei no museu, o Antônio Olinto e a Rafaela (clique no nome), que dias atrás em Curitiba fizeram uma palestra sobre o Caminho da Fé (cicloturismo) e as experiências de viagem pelo mundo sobre duas rodas. Eles estavam fazendo uma pesquisa de campo para novos roteiros e guias.
E assim um sábado entre feriados da Páscoa foi bem aproveitado aguardando como disse, um dia de calor.


Comentários;

Ps. 02 No ano de 2015 o local foi remodelado e passou a receber visitantes através da compra de um passaporte do dia através do site All Day Use.


Ps 01. Caro Leitor essa é  a postagem mais visitada do meu blog e que me intrigou.
Por gentileza poderia deixar o seu comentário respondendo as seguintes perguntas: 
01) Como o descobriu? 
02) Gostou?
03) Se não era o que procurava, o que buscava?
04) Pretende conhecer esse local?


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...